Proposta

 

EDUCAÇÃO INFANTIL

   A educação Infantil constitui a primeira etapa da educação básica e tem como principal finalidade promover o desenvolvimento integral das crianças até seis anos de idade. Isso significa construir um conjunto de conhecimentos que abrange tanto os aspectos físicos e biológicos quanto os emocionais, afetivos, cognitivos e sociais de cada criança, considerando que ela é um ser complexo e singular.

   Na busca de uma formação integral, a educação infantil assume certas especificidades que lhe conferem um caráter ímpar, sobretudo no que se refere à organização dos conteúdos próprios dessa fase de escolarização. Nesse conjunto de especialidades está, de um lado, a necessidade de se ampliar, nas crianças, a compreensão do mundo a partir do conhecimento da linguagem, da matemática, da natureza e da sociedade e, de outro, a incumbência de autonomia, além de noções sobre música, artes visuais e movimento.

   Do ponto de vista pedagógico, pressupõe-se que a prática docente na educação infantil tenha como ponto de partida a experiência e o conhecimento prévios das crianças, considerando suas idéias, hipóteses e explicações sobre si e sobre o mundo que as rodeia. É importante também que as salas de aula sejam organizadas de forma adequada às crianças, tornando-se ambientes prazerosos e agradáveis que valorizem a criatividade e a espontaneidade dos educandos.

   Essas são condições importantes para que as crianças possam, por meio de situações pedagógicas dirigidas, desenvolver-se em suas múltiplas potencialidades – corporais, afetivas, emocionais, estéticas e éticas. Em resumo, o sucesso da aprendizagem das crianças dependerá da realização de um trabalho educativo que considere como pontos relevantes:

- a individualidade e a diversidade;
- a interação entre as crianças nas mais diversas situações de aprendizagem;
- a realização de atividades desafiadoras, que despertem o interesse dos alunos e sejam compatíveis com sua faixa etária;
- o saber singular que possuem e que expressa a forma de sentir e pensar o mundo de maneira particular.
Uma prática pedagógica conduzida nesses moldes pode promover, de forma mais efetiva, o conjunto de competências e habilidades que as crianças devem desenvolver nessa fase de escolarização. Assim, a atividade docente estará contemplando os objetivos gerais da educação infantil, conforme destacados no Referencial Curricular Nacional para a Educação Infantil (1998, p. 63. v. 1). Esses objetivos indicam que se pretende aprimorar, nas crianças, as capacidades de:
- desenvolver uma auto imagem positiva, atuando de forma cada vez mais independente, com confiança em suas capacidades e com a percepção de suas limitações;
- descobrir e conhecer progressivamente seu próprio corpo, suas potencialidades e seus limites, desenvolvendo e valorizando hábitos de cuidado com a sua saúde e seu bem-estar;
- estabelecer vínculos afetivos e de troca com adultos e crianças, fortalecendo sua autoestima e ampliando gradativamente suas possibilidades de comunicação e interação social;
- estabelecer e ampliar cada vez mais as relações sociais, aprendendo aos poucos a articular seus interesses e pontos de vista com os demais, respeitando a diversidade e desenvolvendo atitudes de solidariedade e colaboração;- observar e explorar o ambiente com atitude de curiosidade, percebendo-se cada vez mais como integrante, dependente e agente transformador do meio ambiente, valorizando atitudes que contribuam para sua conservação;- brincar, expressando emoções, sentimentos, pensamentos, desejos e necessidades;
- utilizar as diferentes linguagens (corporal, musical, plástica, oral e escrita) ajustadas às diferentes intenções e situações de comunicação, de forma a compreender e ser compreendido, expressar suas ideias, sentimentos, necessidades e desejos, e avançar no seu processo de construção de significados, enriquecendo cada vez mais sua capacidade expressiva;
- conhecer algumas manifestações culturais, demonstrando atitudes de interesse, respeito e participação diante delas, valorizando a diversidade.

ENSINO FUNDAMENTAL

   O ensino fundamental, agora composto de nove anos, terá cinco anos letivos nas séries iniciais, nos quais os educandos manterão contato com diversos conceitos, que servirão como base para o aprendizado de outras noções e habilidades no decorrer de sua vida escolar e cotidiana.

   Portanto, essa fase da escolaridade possui grande importância na formação dos educandos, tendo como principais objetivos, de acordo com os PARÂMETROS CURRICULARES NACIONAIS (Introdução, 1997:107-108):

  • vivenciar situações que envolvam brincadeiras e cantigas infantis, como forma lúdica de ver e se relacionar com o espaço e com as pessoas;
  • desenvolver habilidades psicomotoras, percepção visual e orientação espacial;
  • adotar, no dia-a-dia, atitudes de cidadania, cooperação, solidariedade, repúdio às in­justiças, exercitando seus direitos e deveres;
  • desenvolver a criticidade, utilizando o diálogo como forma de sanar conflitos e tomar decisões coletivas, utilizando, para isso, o pensamento lógico, a criatividade e a intuição, a análise crítica, selecionando procedimentos e verificando sua adequação para cada situação;
  • conhecer características culturais, sociais do Brasil e desenvolver uma identidade nacional;
  • valorizar a pluralidade cultural, posicionando-se contra qualquer tipo de preconceito;
  • perceber-se como parte integrante e transformadora do ambiente, desenvolvendo ati­tudes de conservação e melhoria desse ambiente;
  • conhecer e cuidar do próprio corpo, desenvolvendo hábitos saudáveis e auto-estima;
  • utilizar diferentes linguagens – verbal, matemática, gráfica, plástica e corporal – para se comunicar;
  • utilizar diferentes fontes de informação e construir conhecimentos a partir delas.
Escola Girassol Sorocaba